E se a sua casa fosse de madeira?

Quem aqui apostaria na madeira como um material com alto potencial para construções resistentes e seguras? Nesse texto, eu te mostro que essa pode ser uma aposta inteligente.

Você já parou para pensar sobre os problemas que uma casa de madeira pode ter? 

Fissuras? Frestas? Chiado de madeira?

Se isso vem à sua mente, possivelmente você tem uma memória sobre construções em madeira que remete àquelas construções de tábua de madeira, típicas da casa da vó. Essa memória está relacionada a algumas técnicas arcaicas de construção em madeira que foram muito utilizadas ao longo da história do nosso país.

Como é construir com madeira no Brasil?

O Brasil é um país com grande potencial florestal e para você ter uma noção disso, o Brasil só perde para a Rússia em cobertura florestal. Isso favorece a capacidade madeireira do nosso país para o setor da construção. Mas quando o assunto é usar madeira para construir, vish… Ainda existe uma forte barreira cultural. Você sabe o porquê?

Aqui no Brasil, a madeira como material construtivo é usada desde o período pré-colonial, recebeu influência dos indígenas e mais tarde dos imigrantes que usavam as mais diversas técnicas. Nesse cenário, as primeiras construções de madeira eram realizadas com técnicas precárias. Isso influenciou para a criação de uma imagem negativa relacionada à madeira e que persiste até hoje.

A chegada de imigrantes de diferentes partes do mundo trouxe também diferentes técnicas na construção de casas de madeira. Nas primeiras décadas do século XX, o sistema que se tornou o mais popular na época foi o de “tábua e mata-junta”. Esse é o nome da técnica que produz o tipo de construção que comumente as pessoas associam a construção de madeira. A principal característica desse sistema é a vedação das paredes com tábuas pregadas no sentido vertical. Esse tipo de construção é muito utilizado para habitações temporárias e baratas. E essa é a memória que está na mente da maioria das pessoas: casas de madeira são provisórias, de baixa qualidade e são uma alternativa de baixo custo.

Mas quando a madeira recebe tratamento adequado e é usada em conjunto com outros materiais, o seu potencial para a construção é enorme. Sim, existe uma outra realidade sobre construir com madeira.

Em países da América do Norte, Ásia e Europa como Canadá, Estados Unidos, Japão e Alemanha, as construções em madeira predominam dentre as construções residenciais. Nesses países, um sistema muito utilizado é o wood frame. Você já ouviu falar nesse sistema?

WOOD FRAME

A tecnologia wood frame consiste em um sistema construtivo que utiliza elementos de madeira tratada para a estruturação da construção. Os montantes de madeira são os elementos verticais que ficam no “recheio” das paredes. Essa estrutura recebe painéis também de madeira e que são revestidos com outros materiais os quais irão proporcionar conforto térmico, acústico, além de proteger a estrutura contra as ações da chuva e das diversas condições do tempo.

Os painéis de madeira são de OSB (Oriented Strand Board) – esse é um painel estrutural formado por lascas de madeira orientadas perpendicularmente em diferentes camadas. Na produção desse painel, as lascas de madeira são prensadas e coladas com resina sob alta temperatura e pressão. Esse processo aumenta a resistência mecânica e rigidez do painel. Assim o material fica mais resistente aos impactos físicos e também à umidade. Mas calma, o painel OSB não é à prova d’água.

Então como proteger o OSB?

Na execução de uma construção em wood frame, as paredes externas recebem uma fina membrana que é chamada de membrana hidrófuga. Essa membrana é colocada sobre os painéis OSB “envelopando” toda a estrutura e ela impede a entrada de vapor de água ao mesmo tempo que permite que a estrutura respire. Esse mecanismo regula a umidade e evita a proliferação de fungos.

O que garante conforto térmico e acústico na construção de wood frame? 

Além dos painéis que fazem o fechamento da construção, é usada uma lã que atua como um “cobertor” revestindo todo o interior da estrutura. Esse revestimento pode ser feito por exemplo com lã de vidro ou lã de rocha que é colocada entre as placas de OSB. A combinação desses materiais contribui para o isolamento térmico e acústico do sistema.

E como se resolve a questão elétrica e hidráulica?

Os sistemas elétrico e hidráulico podem ser os mesmos usados em uma construção convencional. As tubulações são embutidas no interior das paredes e do piso. Tudo isso é feito antes do fechamento das paredes, assim não é necessário quebrar qualquer estrutura para passar as instalações.

E o fogo?

O fogo é um dos grandes inimigos de qualquer material de construção e o que devemos observar é a forma como os materiais reagem nas situações de incêndio. Nessas situações, as estruturas de madeira reduzem a sua seção pouco a pouco. Por outro lado, as estruturas de concreto armado perdem a rigidez e a resistência em altas temperaturas.

Ficou confuso? Vou explicar as diferenças:

A madeira queima devagar e durante a sua queima, em um primeiro momento, apenas a camada superficial queima e a uma camada de carvão se forma. Essa camada isola o material das altas temperaturas fazendo com que o interior da madeira permaneça em temperatura mais baixa, retardando o seu colapso. Ou seja, você tem mais tempo para sair da construção SE um incêndio realmente acontecer.

Já nas estruturas de concreto armado, o aço deforma em altas temperaturas. Isso significa que quando atingida determinada temperatura, a estrutura não resiste e entra em colapso sem avisar – e aí, “a casa cai”!

Ou seja, a madeira é um material combustível e por isso queima, mas leva mais tempo para perder a sua capacidade portante. Já o aço quando exposto ao fogo, perde a sua capacidade estrutural mais rápido. Tudo isso nos leva a conclusão de que TODAS as construções exigem medidas de segurança para incêndio de acordo com as características de cada material.


Além do sistema construtivo wood frame, ainda existem outras tecnologias para construções em madeira mundo afora como por exemplo o uso de Madeira Laminada Cruzada (CLT). Então sim, você pode apostar no uso da madeira para construir. No próximo post eu contarei como a madeira é tratada e o que isso afeta no seu comportamento quanto ao temido cupim. Fiquem ligados!

Ficou com alguma dúvida? Vem falar com a gente, a gente aaama conversar!

isabela@querokbana.com.br